Scroll to top

Alimentação e produtividade

Hábitos alimentares ruins podem provocar uma queda na produtividade diária.

As escolhas alimentares podem ajudar ou prejudicar em relação a produtividade, memória e disposição.

Pular as refeições consideradas padrão, e acabar fazendo poucas refeições mas com quantidades muito volumosas, podem contribuir bastante para a sensação de desânimo.

Por isso, prefira alimentos de fácil digestão, respeitando os horários adequados e preferindo alimentos de qualidade. Os farináceos (pães, bolos, biscoitos, massas) em excesso, por exemplo, estão mais relacionados a sonolência, com perda do foco.

Dicas 🥗

    • AO ACORDAR inclua boas fontes de proteína que podem auxiliar na disposição, como ovos e laticínios. Se não tem o hábito de fazer um desjejum, um chá fonte de fitoquímicos (chá verde, por exemplo), uma dose de café (de preferência sem açúcar) ou um suco verde, pode ser uma ótima opção para começar o dia.
    • PARA AS GRANDES REFEIÇÕES, prefira as carnes magras e invista em hortaliças cruas e cozidas sempre. Se gosta de arroz e feijão, prefira-os no almoço e lembre que eles não devem ocupar a maior parte do prato.
    • PARA OS LANCHES, combine castanhas e frutas secas, iogurte com granola, frutas com cereais e leite (pode ser em pó), ou mesmo pão ou torrada integrais acompanhados de café com leite ou queijo.

Tenha em mente, que uma alimentação saudável faz o organismo responder bem em todos os aspectos!

Priorize os alimentos saudáveis, distribuindo-os ao longo do dia, hidrate-se bem e tenha uma boa noite de sono.

O segredo está no equilíbrio. Nada em excesso faz bem.
Compartilhe esse conteúdo 😉
Author avatar

Overstress

A Overstress é uma empresa que está na vanguarda na área de gestão à saúde em empresas.

Posts relacionados