Scroll to top

Você sabe o que significa Overstress?

Nos últimos tempos a palavra Burnout está se fazendo muito presente nas mídias e portais de notícias corporativos por ter sido reconhecida pela Organização Mundial da Saúde como uma doença crônica…

A Síndrome de Burnout nada mais é do que um estado de completa exaustão mental e física causada pelos diversos fatores cotidianos que causam estresse e ansiedade.

A Overstress reconhece a quase 20 anos a Síndrome do Burnout como um problema crítico para a saúde dos indivíduos inseridos no meio corporativo e sempre utilizamos da nossa metodologia para combater esse mal.

O nome Overstress significa exatamente o oposto do Burnout.
Overstress significa um estado de equilíbrio e tranquilidade… É você estando sobre o estresse.

Piramide Over
Por isso, com quase 20 anos de experiência nessa área, nós possuímos o expertise para prevenir e tratar esse problema no ambiente corporativo, que hoje, mais do que nunca, atinge grande parcela da população mundial, e que muitas vezes é diagnosticado da forma errada e poucas vezes é prevenido da maneira correta.

O estresse é a sensação de estar sob pressão. Essa pressão pode vir de diferentes fatores do seu dia a dia. Tal como um aumento da carga de trabalho, um período de transição, problemas de família ou financeiros.

Durante essas situações, você pode se sentir ameaçado ou sobrecarregado e seu corpo pode criar uma reação à esse estresse. Isso pode desencadear uma variedade de sintomas físicos, mudar a maneira como você se comporta e levá-lo a experimentar emoções mais intensas.

O estresse nos afeta de várias maneiras, tanto física quanto emocionalmente e em diferentes intensidades, dependendo de cada pessoa.

Lidar com o estresse diário, em diferentes horários no nosso dia, é algo normal e não causa muitos problemas. Os problemas surgem quando esse estresse permeia durante o dia nas mais variadas tarefas e você acaba levando isso para casa.

Esse estresse vai se acumulando, dia após dia e, se não forem tomadas medidas eficientes de prevenção no seu dia a dia, o ápice é o estado de Burnout. No estado de Burnout, problemas como síndrome do pânico e ansiedade tomam conta dos seus sentidos levando à uma avalanche de emoções e medos que acabam surgindo. Quando isso acontece, o indivíduo se torna improdutivo e necessita de tratamento e acompanhamento, resultando muitas vezes no afastamento das suas atividades.

Veja alguns dos sintomas que indicam Burnout:
  • Cansaço;
  • Dores no corpo e até no peito;
  • Enxaqueca;
  • Agressividade;
  • Irritabilidade;
  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Mudanças no humor;
  • Variação no peso;
  • Pessimismo;
  • Síndrome do pânico;
  • Sonolência.

 

E como combater o Burnout ?

Uma pessoa com Síndrome do Burnout possui dificuldades ou não consegue desempenhar suas tarefas diárias mais simples, levando à uma drástica perda de desempenho no trabalho, problemas familiares, dificuldades em se relacionar com os amigos e pessoas mais próximas.

Para combater isso, algumas medidas são importantes:

1. Reconheça que você está passando por uma situação de estresse!

É necessário você reconhecer previamente que possui problemas de estresse ou ansiedade para poder lidar com seus problemas.

 

Esse é um passo importantíssimo! Pois a maioria das pessoas não aceitam que estão passando por períodos prolongados de estresse ou nem reconhecem isso.

 

2. Identifique as situações que causam estresse:

Tendo reconhecido esses problemas você deve identificar quais são as situações que desencadeiam o estresse e por que desencadeiam.

 

Se forem problemas financeiros, você pode tomar medidas para controlar mais os seus gastos; se forem problemas familiares, você pode dar um passo à frente e procurar resolver esses problemas; se forem problemas de trabalho, procure conversar com seus chefes e colegas; e assim por diante…

 

O importante é perceber que para todo o problema há uma solução e não adiar a resolução desses problemas.

 

Para você saber mais como gerir o estresse, leia nossa matéria clicando AQUI.

 

3. Adote técnicas de respiração:

A Medicina Tradicional Chinesa sempre reconheceu nossos pulmões e a respiração como pontos chave para manutenção do equilíbrio e harmonia.

 

Por isso procure adotar técnicas de respiração para alcançar o equilíbrio e ao mesmo tempo aproveitando um momento para respirar e deixar os problemas de lado.

 

Leia nossa matéria onde falamos um pouco mais sobre técnicas de respiração, clicando AQUI.

 

4. Reserve alguns momentos para meditar:

Meditação é uma técnica poderosa para o controle emocional e mindfulness.

 

Procure reservar uns minutos por dia, de preferência momentos espaçados durante o dia, para meditar.

 

Meditar é você olhar para dentro e procurar a calma. Fazendo isso você deixará de lado por uns momentos os problemas e com isso terá a sensação de alívio.

 

5. Procure um hobbie:

Um dos benefícios que hobbies trazem é no alívio do estresse ao gerar prazer por estar fazendo algo que goste.

 

Ter esses momentos de prazer ajudam a quebrar os momentos de estresse e aliviam a sua mente por ela estar focada no agora e não no que você precisa fazer.

 

Mas saiba medir os momentos em que você realiza seus hobbies e os momentos que você deve realizar suas tarefas! Procrastinar não é saudável e não resolver seus problemas e tarefas apenas fará com que mais problemas e tarefas acumulem.

 

Quer saber mais sobre hobbies? Clique AQUI e leia nossa matéria.

Author avatar

Overstress

A Overstress é uma empresa que está na vanguarda na área de gestão à saúde em empresas.

Posts relacionados