Scroll to top

Diet, light, zero e fit: você sabe o que consome?

Ter informação na hora de escolher um produto industrializado é muito importante!

Pensando nisso, separamos alguns termos vistos em rótulos que costumam gerar  as dúvidas se vale a pena consumir ou não:

  • Diet: são destinados a pessoas com restrições alimentares, sendo isento em algum tipo de ingrediente (por exemplo diet em açúcar para os diabéticos, em glúten para celíacos, em sódio para os hipertensos, entre outros). Estes alimentos não são necessariamente menos calóricos pela restrição de um ingrediente.
  • Light: devem conter uma redução de no mínimo 25% de algum nutriente, podendo ser açúcar, gordura total e/ou saturada, sódio ou mesmo as calorias. – quando comparado ao produto tradicional da mesma marca. Vale a pena comparar e analisar se você não está trocando o tradicional, que pode ser um pouco mais calórico, por um monte de aditivos químicos a mais.
  • Zero: Como o nome diz, são zero em algum componente: gorduras, sódio, açúcar, lactose, entre outros. O cuidado deve ser com os substituintes que vão torná-los saborosos, se não há real restrição do ingrediente, talvez você não esteja fazendo uma boa troca.
  • Fit: é uma nomenclatura não contemplada pelo Ministério da Saúde, mas bastante usual para classificar produtos vendidos como mais saudáveis ou mesmo menos calóricos. É importante avaliar, se esse produto tem ingredientes naturais, fibras, gorduras insaturadas, entre outras substâncias.

Tenha sempre o hábito de conhecer os produtos que adquire, eles podem ter o custo mais alto do que os tradicionais e não trarão nenhum benefício a mais por isso. Na dúvida, opte os alimentos vindos direto da natureza!

 

 

Compartilhe esse conteúdo 😉
Author avatar

Overstress

A Overstress é uma empresa que está na vanguarda na área de gestão à saúde em empresas.

Posts relacionados