Scroll to top

Mantendo a autoestima no trabalho

Uma das melhores defesas contra a depressão é um forte e positivo senso de autoestima.

Quanto mais papéis as pessoas desempenham, mais fontes de autoestima elas têm. O trabalho, quando é gratificante, tem sido uma das maneiras mais importantes de se sentir bem consigo mesmo.

Porém, esses benefícios que o trabalho pode trazer acabam desaparecendo quando problemas de autoestima acabam sendo criados no ambiente de trabalho.

Enquanto muitos têm vergonha de admitir, o número de pessoas que experimentam baixa autoestima no local de trabalho é um número crescente. Muitas das pessoas que sofrem com a autoestima tendem a se sentirem inferiores e, em casos extremos, vivem com medo constante de perder o emprego por acharem que sempre estão aquém das expectativas.

Isso geralmente é acompanhado por altos níveis de estresse, sentimentos de sobrecarga ou por alguma depressão – o que pode, é claro, afetar o desempenho. O que reafirma sua crença de que, de fato, você não é bom o suficiente.

A construção da autoestima é um processo longo e depende de vários fatores. Entretanto, assim como podemos possuir uma autoestima saudável em nossas vidas, situações no ambiente de trabalho podem fazer com que ela se comprometa nesse local.

 

Problemas de autoestima no trabalho possuem normalmente algum dos seguintes motivos:

Baixa produtividade

Você sente que não possui mais o mesmo desempenho para realizar as suas tarefas da forma com que realizava antes.

Isso pode ter vários motivos, dentre eles:

  • Cansaço;
  • Problemas de saúde;
  • Problemas familiares;
  • Privação do sono;
  • Acúmulo de tarefas;
  • Falta de organização;
  • Problemas psicológicos como depressão;
  • Etc.

Procure descansar mais e dormir o suficiente (entre 7 e 8 horas por dia). Também adote uma rotina de prática de exercícios – mais ou menos 3x por semana.

Para saber mais da importância do sono, leia a matéria da over clicando AQUI.

Procure se programar e crie uma agenda com os horários que você precisa delegar para realizar cada tarefa, e evite procrastinar.

 

Mau relacionamento com colegas

Falta de cooperação e intrigas no ambiente de trabalho são uma das principais causas que levam à demissão voluntária e outros problemas relacionados ao trabalho.

Buscar a harmonia e o bom relacionamento entre os colaboradores deve estar sempre como um dos principais objetivos nas empresas.

Devemos saber lidar com as diferenças e diferenças de opiniões, desde que sejam sempre expostas de forma cordial e respeitosa. É a pluralidade de pessoas e maneiras de pensar que levam à construção de uma sociedade harmônica e que preza pelo respeito das opiniões e maneiras de viver.

Não há pessoas melhores que outras. Cada pessoa possui uma habilidade que se destaca, e que talvez outra pessoa não tenha.

Use essas diferenças e múltiplas habilidades para potencializar o seu trabalho e dividir as tarefas entre todos, onde cada um pode contribuir com o que sabe fazer de melhor caminhando assim para um processo colaborativo onde todos contribuem e trabalham juntos para o sucesso. 🤩

E caso você possua problemas com seus colegas, o diálogo, entendimento e a paciência são as melhores estratégias para buscar um bom relacionamento não só no ambiente de trabalho, como também na vida.

 

Depressão

Considerada como o mal do século, ela atinge principalmente pessoas inseridas no ambiente corporativo.

Sintomas como cansaço extremo, falta de ânimo e sentimentos de inferioridade podem afetar diretamente no desenvolvimento das atividades no trabalho.

Para saber mais sobre a depressão, leia a matéria que a Over preparou clicando AQUI.

É muito importante o apoio dos familiares, amigos e pessoas mais próximas para lidar com a depressão. Então se você prefere se isolar, mude essa atitude e procure passar mais tempo com as pessoas que você mais gosta.

Perfeccionismo

Embora a busca pelo melhor de sí é sempre saudável para a realização de um trabalho satisfatório. A busca obsessiva pela perfeição pode gerar vários danos à longo prazo em um indivíduo.

A frustração constante e os altos níveis de estresse tendem a ter o efeito contrário. Portanto, quanto mais se busca a perfeição, a longo prazo, menor são as chances de antingi-la.

Inclusive, estudos correlacionam a síndrome de Burnout com pessoas altamente perfeccionistas.

Por isso, saiba lidar com as frustrações e se condicione a aceitar que nem tudo o que você fizer sempre estará perfeito, o mais importante é dar o melhor de sí, tendo consciência dos resultados e tendo inteligência emocional para lidar quando não dão certo.

 

Burnout

Burnout, ou Síndrome do Burnout, nada mais é do que um estado de completa exaustão mental e física causada pelos diversos fatores cotidianos que causam estresse e ansiedade e se acumulam com o passar do tempo.

Uma pessoa com Síndrome do Burnout possui dificuldades ou não consegue desempenhar suas tarefas diárias mais simples, levando à uma drástica perda de desempenho no trabalho, problemas familiares, dificuldades em se relacionar com os amigos e pessoas mais próximas.

Um dos principais meios de se combater o Burnout é combatendo o estresse.

Outras maneiras também incluem:

  • Adquira um hobbie e realize atividades que tragam prazer;
  • Saiba lidar com frustrações;
  • Leve a vida mais levemente;
  • Saiba lidar com o perfeccionismo;
  • Procure realizar uma melhor gestão do seu tempo;
  • Realize atividades como yoga e técnicas de respiração.
Author avatar

Overstress

A Overstress é uma empresa que está na vanguarda na área de gestão à saúde em empresas.

Posts relacionados