Skip links

Síndrome túnel do carpo: possíveis causas e como prevenir

A síndrome túnel do carpo é causada por uma compreensão do nervo mediano, localizado no punho. Essa compressão compreende a 40% de todas as doenças classificadas como LER/DORT, ou seja, causados por movimentos repetitivos.

Ocorre com maior frequência no sexo feminino, afetando a faixa etária entre 30 a 60 anos, sendo observada mais no membro não dominante, apesar de também ocorrer bilateralmente. Além disso, após a gravidez existe maior incidência dessa patologia.

Como a síndrome do túnel do carpo é causada pela compressão e sofrimento do nervo mediano, seus sintomas clássicos são a dor e a parestesia (formigamento e perda da sensibilidade), localizadas na região da mão inervada por este nervo; Observa-se problemas com movimentos finos dos dedos (coordenação), em uma ou ambas as mãos; perda de força, principalmente do polegar; e em alguns casos mais agudos, limitação do movimento de punho e dedos.

Como forma de prevenção, faça intervalos durante a sua jornada de trabalho, e aproveite para realizar exercícios de relaxamento durante este período. Realizar flexões, extensões e movimentos laterais leves nos punhos e dedos, por exemplo, contribuem muito para a prevenção da síndrome e devem ser feitos, pelo menos, a cada duas horas.

Para os casos de lesões com gravidade baixa, é indicado o repouso da mão lesionada e se necessário o uso de órtese para a imobilização ser efetiva. Em dores intensas ou com duração prolongada é indicado a procura de um especialista para orientações específicas.

Confira como prevenir essa síndrome:

Compartilhe esse conteúdo 😉