Skip links

Uso de celular pode causar problemas no polegar. 

Segundo o relatório do App Annie, o Brasil é  o segundo país do mundo com o maior tempo diário de uso de smartphones, tendo uma média de 4,8 horas de utilização; tempo esse que subiu cerca de 20% durante a pandemia em todo o mundo. 

O uso excessivo de celular que ocorre na atualidade pode desenvolver tendinite, tenossinovite e osteoartrite nos dedos, mãos e punhos, doenças comuns para quem realiza movimentos repetitivos por um grande período de tempo e não costuma fazer alongamentos.

Sabemos que muitas vezes não é uma tarefa fácil diminuir o tempo de tela, visto que muitas pessoas utilizam o celular como ferramenta de trabalho, mas o uso constante das mãos especialmente dos polegares para digitar e navegar, em excesso, podem causar inflamações nas articulações, em particular, no polegar; principalmente quando aliado ao uso do computador.

A dor nos músculos da mão é o primeiro sintoma, chamada mialgia. Começa devagar, mas piora quando não se dá a devida atenção, com o agravamento do quadro, ocorre ainda inchaço, redução da força e até mesmo formação de nódulos no tendão.

A prevenção e o tratamento são focados na redução do uso do celular, equilibrando o uso da tecnologia com outras atividades, além da prática de alongamentos e técnicas de fortalecimento.  

Por que não evitar esse desconforto? Temos a oportunidade diária de prevenir doenças futuras. Cuide-se hoje para colher bons frutos amanhã.

Compartilhe esse conteúdo 😉