Scroll to top

Você tem boa relação com a comida?

Para fazer as pazes com a comida é muito importante ter consciência dos seus sinais de fome e saciedade.

Existem diferenças entre cada pessoa e sua capacidade de perceber e processar os sinais que o corporais, mas essa capacidade pode ser treinada. E temos informações internas e externas para controlar a ingestão alimentar.

Já é um grande passo entender o que é fome, saciedade e apetite.

A saciedade é a sensação de plenitude gástrica, com redução da sensação de fome após a refeição. Conhecendo os sinais de saciedade, possuímos mais controle da ingestão, e isso auxilia a comer somente o que realmente necessitamos.

Esses sinais se manifestam quando ocorre a absorção e o transporte de pequenas quantidades de nutrientes, parar de comer não depende somente de sinais metabólicos, mas também dos fatores cognitivos, neuro-hormonais e psicossensoriais.

O apetite, é o desejo de comer algo em particular, do qual se tem uma experiência de satisfação. É importante satisfazer esses desejos, comendo com atenção. Especialmente quando é algo que não está entre os considerados mais saudáveis…a ideia é consumir, sem culpa, e retornar a rotina saudável normalmente.

Já fome, é uma necessidade fisiológica de comer, com uma combinação de sensações induzidas pela redução da energia e de alimentos, basicamente para sobreviver. Não tendo nenhum sinal reativo a emoções.

Use esse conhecimento a seu favor, e coma sempre que tiver fome. Se não houver sinais reais de fome, evite comer e se distraia. Se estiver saciado, pare de comer mesmo que ainda não tenha acabado todo o alimento. E se tiver vontade de comer algo que te traz uma boa lembrança ou uma boa sensação…coma.

Com calma e atenção, sem culpa ou julgamentos. Conheça seu corpo, honre sua fome e priorize além da alimentação saudável, uma boa relação com a sua alimentação.

Confira agora no Minuto com a Over! 😉👇

Compartilhe esse conteúdo 😉
Author avatar

Overstress

A Overstress é uma empresa que está na vanguarda na área de gestão à saúde em empresas.

Posts relacionados